Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Santo Cristo, domingo, 28 de novembro de 2021 Telefone (55) 3541-1365

Atendimento Atendimento: De segunda a Sexta das 8:00h às 11:30h e 13h30 às 17h00

Sáb
27/11
Predomínio de Sol
Máx 29 °C
Min 15 °C
Índice UV
13.0
Domi
28/11
Chuvas Isoladas
Máx 27 °C
Min 18 °C
Índice UV
13.0
Segu
29/11
Parcialmente Nublado
Máx 29 °C
Min 16 °C
Índice UV
13.0
Terç
30/11
Predomínio de Sol
Máx 31 °C
Min 18 °C
Índice UV
13.0

MOÇÃO - PROPOSITURAS

Dados

NúmeroData do documentoData da Sessão de ApresentaçãoLegislaturaAno
162910702118/10/202118/10/20212021-20242021
Situação
APROVADA - Proposição aprovada
Autor Vereador
Aládio Kotowski
Ivan Ironei Rodrigues da Silva
Apoio Vereador
Videu Meyer
Lia Inês Lenz
Vilson José Feiden
Clovis Lucas Kowalski
Fernando Luís Diel
Lourdes Brand
Apoio Vereador
Videu Meyer
Lia Inês Lenz
Vilson José Feiden
Clovis Lucas Kowalski
Fernando Luís Diel
Lourdes Brand
Ementa

Protocolo n° 16.291/070/21, de autoria da Bancada do PDT, representada pelos vereadores Aládio Kotowski e Ivan Ironei Rodrigues da Silva, indicam que, depois de ouvido o Plenário,seja enviada uma moção de congratulações a empresa Serra Fitas Seibert Indústria e Comércio Ltda, pelos 50 anos de atividades.   

Em outubro de 1963, os irmãos Gaspar Cláudio e Arno Günther Seibert, adquiriram uma máquina de serraria “pica-pau”, e estabeleceram-se no ramo madeireiro na cidade de Santo Cristo/RS.

Por volta do ano de 1966, por não conseguirem atender a demanda na produção de tábuas, os dois sócios estudaram a possibilidade de adquirir uma máquina que produzisse mais. Após realizarem a pesquisa de preços, concluíram que não teriam condições de comprar um engenho de serra-fita, surgindo então, a ideia de fabricarem eles próprios uma máquina para o seu uso, com uma diferença importante: as máquinas pesquisadas eram todas de modelos “verticais”, e os irmãos Seibert, projetaram um engenho de serra-fita “horizontal”, para que pudesse ser adaptada na estrutura da “pica-pau” que possuíam.

Em outubro de 1967, instalaram o engenho de serra-fita horizontal, mas passou-se mais de ano até que ele funcionasse satisfatoriamente, depois de muitas pesquisas, testes e modificações. A novidade logo espalhou-se entre os serradores da região, os quais, passaram a insistir junto aos irmãos Seibert que lhes fabricassem engenhos de serra-fitas. Como a procura e o interesse foi aumentando, os irmãos Seibert, foram aos poucos, comprando máquinas e equipamentos, construíram um galpão, e no ano de 1971, venderam a serraria e estabeleceram a indústria de engenhos de serra-fitas Seibert, sob a denominação de Irmãos Seibert Ltda, fabricando desde engenhos de serra-fitas horizontais e verticais, a demais máquinas e aparelhos acessórios, cujas vendas atingiram inicialmente os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Em 1975 foi lançado o engenho de serra-fita transportável, constituindo-se numa revolução nos conceitos de serraria, e, com ele, atingiu o mercado nacional e internacional.

No dia 7 de novembro de 1976, ocorreu um incêndio nas instalações da fábrica, destruindo todo o escritório e grande parte das máquinas, equipamentos e prédio. Embora as dificuldades tenham sido enormes, a empresa conseguiu recuperar-se e dar continuidade ao trabalho iniciado pelos irmãos Gaspar e Arno.

Após longa enfermidade, o sócio Gaspar Cláudio Seibert veio a falecer em 12 de junho de 1984. Seus herdeiros e o sócio Arno Günter Seibert negociaram a divisão dos bens da sociedade, ficando, então, a empresa para a viúva, Sra. Clari Maria Seibert e filhos, passando a denominar-se Irmãos Seibert & Cia Ltda e a ser administrada por Jacó Aloísio Seibert e Helena Ivanda Seibert Decker.

Em 2006 passa a ser denominada Serra Fitas Seibert Indústria e Comércio Ltda, e a partir de 2012 passa a ser administrada por Jacó Aloisio Seibert e filhos. 

Após enfermidade, Jacó Aloisio Seibert veio a falecer em 09 de fevereiro de 2021, ficando a administração com seus filhos, Júlio André Seibert e Luciana Seibert.

A comunidade de Santo Cristo-RS, através do seu Poder Legislativo, expressa o reconhecimento e valorização de tão rica história de meio século de organização, trabalho, geração de emprego, renda, bem como levar o nome de Santo Cristo, através de seus produtos e serviços, para o todo Brasil.

Arquivos

Moção 1629107021/2021
Nenhum arquivo de moção cadastrado!
Ofícios
Nenhum ofício cadastrado!

Histórico de Tramitação

Mocao sem protocolo vinculado!
Todos contra o Covid-19

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

Câmara Municipal de Santo Cristo - RS.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.